08/02/2018 - 08:53
Fonte: Imperaweb
Autor: Imperaweb
Link Fonte


Jovem mata pai a marteladas e enterra corpo em quintal no Tocantins


Um crime brutal chocou os moradores de Araguatins, no extremo norte do Tocantins, nesta segunda-feira, 05. Um jovem é suspeito de matar o próprio pai e depois enterrar o corpo da vítima no quintal de casa. Maxsuel dos Santos Bezerra, de 19 anos, foi preso após a Polícia Civil (PC) reunir indícios de que ele é o autor do assassinato do técnico de enfermagem Pedro Pereira de Sousa. 

De acordo com o delegado Eduardo Nunes, na tarde desta segunda, parentes de Pedro registraram um Boletim de Ocorrência na delegacia comunicando o sumiço do técnico de enfermagem. A família informou que o homem estava desaparecido desde a última quinta-feira, 1º.

Com base nas informações colhidas, a polícia deu início as investigações sobre o caso. De imediato, os agentes descobriram que Maxsuel estava com a moto e o celular do pai dele. Ao ser questionado sobre a posse do veículo e do aparelho, o jovem não soube dar nenhuma explicação plausível. 

A polícia, então, buscou detalhes sobre a relação entre o jovem e o técnico de enfermagem. O inquérito aponta que Maxsuel e o pai não se davam bem. As desavenças, na maioria das vezes, diziam respeito ao pagamento da pensão alimentícia. O suspeito teria decidido matar Pedro por causa dos atrasos no repasse do auxílio financeiro. 

O delegado afirma que o crime, cometido na tarde da última quinta, foi premeditado. Maxsuel atacou o pai no quintal da residência da vítima. Primeiro, o jovem atingiu o técnico de enfermagem com golpes de martelo na cabeça. Na sequência, o suspeito esfaqueou o pai atingindo o coração do genitor, que morreu na hora. 

Segundo Nunes, Maxsuel escondeu o corpo no imóvel e ao anoitecer, o levou até o quintal, onde enterrou junto com as armas usadas no crime. Ao escavar a área, a polícia encontrou o cadáver de Pedro e o martelo e faca utilizados para matá-lo. 

Maxsuel foi preso em flagrante por ocultação de cadáver e vai responder também por homicídio qualificado. O jovem foi ouvido na delegacia de plantão e encaminhado para a cadeia pública de Araguatins. 


Comentários